10º Módulo – Subdivisão Ternária, Quiálteras, Compassos compostos

Subdivisão ternária

Vimos no sétimo módulo que as subdivisões dos tempos podem ser binárias ou ternárias.

Na subdivisão ternária, a primeira parte do tempo é forte e a segunda e terceira parte de são fracas; dela derivam todos os compassos compostos.

01 subdivisão ternária

Instruções para o solfejo das subdivisões ternárias:

Linguagem rítmica

Cante para as subdivisões as sílaba “Tá-te-ti” e para as bi subdivisões as sílabas “T-fa – Te-fe – Ti-fi”.  Considerando as acentuações métricas.

Subdivida proporcionalmente o tempo em partes iguais, pronunciando as sílabas em sincronia com gesto da mão.

Solfejo

Substitua o movimento da mão pelo gesto da marcação dos compassos para o solfejo, fale o nome das notas e mantenha a sincronia com gesto da mão.

02 instrução p solfejo

Quiálteras

São um grupo de notas onde se colocam mais ou menos figuras do que normalmente caberiam.

As QUIÁLTERAS não obedecem a divisão ou subdivisão normal e são indicadas por um número escrito acima ou abaixo do grupo de figuras que está alterado.

03 quiálteras

Tercinas

São grupos de três notas substituindo duas da mesma espécie. Também podem ser agrupadas através de uma chave com o número de figuras que a compõe.

04 tercinas_2

As quiálteras também podem ser: Quartinas (4), Quintinas(5), sextinas (6), etc.

05 quartinas

Nota: no hinário só apareceem quialteras de três notas (tercinas)

Os grupos alterados onde se coloca menos figuras do que normalmente caberiam são chamados de Hemíolas e também são indicadas por um número escrito acima ou abaixo do grupo de figuras que está alterado.

06 Hemíolas

As Hemíolas também são chamadas de: Duínas (2); tercinas (3),  quartinas (4), etc.

Nota: no hinário não aparecem Hemíolas.

Compasso composto

É o compasso cuja unidade de tempo tem uma subdivisão ternária e cada subdivisão é chamada movimento. Ao invés da músicas ser escrita em compasso simples com os tempos alterados (tercinas), elimina se as indicações de quiálteras e obtém se os COMPASSOS COMPOSTOS.

A maneira de solfejar e tocar tercinas ou tempos compostos é exatamente igual, ou seja: devem ser articuladas de 3 em 3 (Tá,te,ti – Tá,te,ti, etc.) e todas do mesmo valor.

07 comp compostos

Fórmula de compasso – compassos compostos

É indicado no início do primeiro compasso ou trecho por dois números sobrepostos.

O número superior é representado pelos números: 6, 9, ou 12 e indica a quantidade de movimento em cada compasso.

Para saber, pela fórmula de compasso, se o compasso composto é binário, ternário ou quaternário basta dividir o número superior por três.

O número inferior indica a figura de movimento; é representado pelos números 2, 4, 8, etc.

A unidade de tempo (U.T.) é formada por três figuras de movimento. Portanto, para se obter a U.T. basta multiplicar o número inferior por 3.

08 unidade de tempo

As unidades de tempos (U.T.) e de compasso (U.C.) nos compassos compostos são sempre formadas por figuras pontuadas.

No cenários compostos não há uma figura única que indique a U.C. São utilizadas figuras com ligadura, Ao que se dá o nome de unidade de som (U.S.).

Os estudos a seguir estão baseados nas figuras abaixo e suas combinações para formação dos grupos rítmicos.

09 grupos ritmicos

About The Author

William Cezario

Originário de Brasília DF, iniciei meus estudos musicais na CCB do Gama-DF aos 9 anos de idade, Hoje sou encarregado musical, e profissionalmente sou músico na Banda de Música do CBMDF. Este site tem por objetivo a troca de experiência musical entre os músicos da CCB e a qualquer outro admirador da arte musical.

Comentários

6 Comments

  • Rosa Maria Santos

    Reply Reply 1 de novembro de 2016

    Achei esta forma de contagem do tempo das notas mais simples. Obrigada.

  • Patricia Borges dos Santos

    Reply Reply 4 de setembro de 2017

    Paz de Deus como solfejar a licao do Mts da pag73 tem como me mandar pelo meu watsaap.É 991560215 meu nome é Patricia.

  • rubens

    Reply Reply 27 de setembro de 2017

    estou estudando estes módulos

  • Jaqueline maia

    Reply Reply 13 de outubro de 2017

    !!!Muito bom leitura bem explicada, com exemplos !

  • Manoel

    Reply Reply 1 de novembro de 2017

    a tonalidade da lição n 4 do mts sofreu uma alteração no 7grau portanto não ´Lá menor (me ajude tirar essa dúvida).

  • Manoel

    Reply Reply 1 de novembro de 2017

    Lição n4 módulo 10

Leave A Response

* Denotes Required Field